Terça-feira, 12 de Maio de 2009
Vai um copo?

A vida de enólogo, para muitos, é perfeita.

E não só porque a vida dos outros é sempre melhor que a nossa.

Não.

Para muitos, o enólogo é aquele ser abençoado que recebe dinheiro para beber vinho.

E recebe.

Mas não bebe, coitado.

 

Aliás, para mim o enólogo tem a profissão mais ingrata do mundo, pois está sempre em cima da linha, pronto para beber, mas nunca bebe.

Um enólogo é um bulímico com classe.

 

No entanto, muitos de vocês dir-me-ão:

"Mas tens de ver que o enólogo passa a vida a saborear vinhos de qualidade, de castas muito selectas."

(Ou então não me dirão nada, visto que a cadência de comentários neste blog roça a nulidade.)

E eu, a isso, respondo à moda de Cunhal.

Olhe que não, olhe que não...

 

(Será uma notícia? Vejam.)

 

Na região vinícola de Wairarapa, na Nova Zelândia, o vinho branco tem um aroma a... Urina de gato.

Meses a tratar das vinhas, o suor das pessoas a colherem as uvas, semanas de fermentação e, afinal, o resultado sabe a urina de gato.

Ao pé disto, o tempo investido a apoiar o Benfica até parece bem empregue.

 

Afinal, nós e os nossos antípodas estamos mesmo em extremos diferentes.

Quer ao nível do rugby quer ao nível do vinho.

E se somos mesmo assim tão diferentes, então na Nova Zelândia devem haver políticos de confiança.

 

E agora, uma sequência de perguntas sem resposta:

Será que os neo-zelandeses têm a marca registada?

Se sim, isso quer dizer que é proibido engarrafar urina de gato e vendê-la ao público?

Então porque é que ninguém multa a malta que faz a cerveja Tagus?

 

Um vinho que saiba a urina de gato - e isto pode chocar-vos - não me surpreende.

Afinal nem todos podem estar ao nível de Casal Garcia.

O que me surpreende aqui é como é que alguém, com bom vinho para analisar, decide verificar se uma dada casta sabe ou não a urina de gato.

Isto só demonstra que até os enólogos podem ser parvos.

Ou isso ou então, às vezes, não deitam o vinho fora.

O que não se deve fazer, claro.

 

Se todos tivéssemos o cuidado de expelir o vinho que saboreamos este país estaria bem melhor.

E Tony Carreira no esquecimento.


há tanta coisa gira para fazer neste mundo, mas o Dias optou por escrever isto pois não tinha nenhuma amiga com ele e encontrava-se: a beber água mineral natural.
enquanto o Dias escreveu este artigo, apesar de pequenas, as suas orelhas ouviram isto: Dead Combo - Rodada


'sussure alguma coisa ao ouvido do Dias:

'se quer saber onde raio anda o tal artigo que ouviu falar, procure aqui:
 
'Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


'apesar de frequentarem blogs muito maus, o Dias sugere-vos estes:
'coisas muito mal escritas, mas bastante recentes

' Sem título.

' E se eu não tivesse tempo...

' O nome "Vigor" pode mesmo...

' O fim das bolachas Maria.

' Se está farto de mulheres...

' Adorar vacas pode, afinal...

' Eles não gostam de nós.

' Não leia isto para bebés.

' Levante o pé.

' Contem-me uma melhor.

' Alto e pára o baile!

' Um casamento garante-te n...

' Já que a Bolsa não dá nad...

' Um dia não me lembrarei d...

' "Olha, queres uma pastilh...

' Uma Sueca em vez de Solit...

' É tudo uma questão de tem...

' Caros Leitores

' Isto desconcentra os deus...

' Vai um copo?

'porque um blog com um arquivo é sempre uma coisa muito gira
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


blogs SAPO
'subscrever feeds