Segunda-feira, 29 de Agosto de 2005
Só um bocadito que eu já venho...
Bom, caros leitores, a verdade é que nos próximos 5 dias úteis estarei de férias, na Praia da Areia Branca, com uns amigos... Como tal, para que se deliciem (OU ENTÃO NÂO!!!) durante estes 5 dias, vou aqui relatar não uma, mas sim duas histórias que encontrei hoje na net, dignas de serem relatadas aqui!

(Se bem que, dado o nível do meu blog, qualquer história, aparte das histórias do José Castelo Branco, é digna de ser relatada...)

Ora...
Todos nós já fomos jovens de 11 anos (Isto porque eu assumo que não hajam leitores deste blog abaixo dos 15 anos... Se houverem, acabo já com isto!! Porque eu não quero ser culpado pela má educação de ninguém!!!) e sabemos o quanto era difícil ir para a escola...Ou estavam a dar os Teletubbies na TV, ou a cama estava tão quentinha e lá fora chovia, ou então o professor tinha tiques de Cláudio Ramos... Enfim, era mesmo difícil!!!
No entanto, nem todos os jovens de 11 anos pensam assim...
Na cidade de Kansas, nos EUA, um jovem de 11 anos roubou um carro para (imagine-se!!!) ir para a escola...
Mas está tudo louco?! Será que o raio do miúdo anda a ler o meu blog, caramba?!
O nome da criança não foi divulgado, por ele ser menor, segundo as autoridades... No entanto, a meu ver não divulgaram o nome do puto para que o Michael Jackson não aparecesse ao pé dele a dizer...
"Olha, rapazito... Eu tenho muitos carros na minha garagem..."

Mas...
Reparem na essência: Roubar um carro para ir às aulas, quando se tem 11 anos...
Isto não seria mais ou menos o mesmo que comprar vaselina e ir ter com o Alexandre Frota?!
Qual o objectivo?! Acorrentar-se à linha do comboio 2 horas depois?!



Mas nem só de Estados Unidos vive o mundo estúpido... Na verdade, só 99% desse mundo é que está lá!
Também na Nova Zelândia ocorrem coisas esquisitas...
Estão a ver aquela história de acordar após uma noite louca, olhar para o lado e pensar... "Epah, esta gaja?! Credo, como foi possível?!"
Pois bem... Na Nova Zelândia, as gajas devem ter acabado... Senão reparem:
Um homem de 19 anos, que mora na vila de Wanaka, telefonou para o equivalente neo-zelandês do 112, a dizer que, após ter acordado, reparou que tinha uma ovelha a dormir ao seu lado!
Não seria melhor dizer "Acabei de fumar bué erva e estou com uma moca do caraças!" ?!

Mas esta história não acaba aqui... Na realidade, ainda há muito para contar...
Segundo as autoridades, o homem estava bastante incomodado a contar o sucedido, especialmente porque afirmava que a ovelha que tinha passado a noite com ele estava, de certeza, grávida!!!
Portanto, tinha-se de facto consumado o amor...
Não seria melhor dizer "Olha, andei a fumar bué erva, bebi 1,5 litros de vodka estou com uma narsa e com uma moca em simultâneo que me deixa louco!!" ?!

Calma!! A história ainda não acabou!!!
Segundo o dito homem, após ele ter reparado nisto, em vez de pedir à ovelha para abandonar o local, deixou-a a dormir na cama e foi ele acabar a noite de sono para o sofá...
Não seria melhor dizer "Olhe, sou um zoófilo cavalheiro e engravidei uma ovelha!" ?!

Ora... Após a noite em que tudo ocorreu, a polícia inspecionou o quarto do homem e não encontrou qualquer rasto de ovelha! Nem um pedaço de lã, nem qualquer dejecto... Nada!
Porque é que as autoridades não disseram antes à imprensa "Fugiu um doente do hospital psiquiátrico da nossa cidade" ?!

Após a visita das autoridades, o homem confessou que, na noite anterior, podia estar um tanto ou quanto alucinado, e que não raciocinava bem...
Mas se assim era, porque não dizer antes isto: "Chamo-me George Bush e estou de férias na Nova Zelândia." ?!


Quinta-feira, 25 de Agosto de 2005
Quem é que dizia que está tudo inventado?!
Bom, a história que vos apresentarei é bastante interessante, e demonstra que hoje em dia o que é preciso é imaginação...
Pedia a todos os que me lêem que abrissem numa nova janela de navegação,se faz favor (é só para manterem o meu blog aberto por mais uns segundos... Isso motiva-me!!!), o seguinte link...

http://tech.virgin.net/story/TEC/A18607841124965880A0

Já leram?! Ok, então está tudo dito... Isso chega para nos deixar com um sorriso daqueles que têm por base a mítica frase "E esta, hein?!"

.

.

.

.

.







O quê? Ainda estás aí?

.

.

.


Hmmm... Só se não te dás bem com a língua inglesa...
Pois bem!
Peter Ash (Em português, Pedro Cinza...), de 16 anos, pensou um dia: "O Elvis aqui da casa (hamster) passa o dia a fazer figura de parvo, sem estar quieto um segundo que seja!"
(Mais ou menos o que o Ediberto Lima pensou quando viu que o João Baião...)
E concluiu:
"Tenho de aproveitar esta energia!!!!"

Infelizmente, Ediberto Lima, com muita idade e experiência, um dia aproveitou a energia do João Baião e criou um programa chamado "Big Show SIC" (Só o nome dá vontade de rir).Por seu lado, Peter teve uma ideia brilhante: colocar um gerador de energia que transformasse aquele contínuo movimento num útil carregador de telemóveis...
Desta forma, o rapaz passou 13 meses a criar um pequeno aparelho, de 15 cm...

Já repararam a diferença na utilidade? Um jovem de 16 anos cria um engenho genial, que torna assim útil o hamster lá de casa... Um adulto inventa o Big Show SIC e faz-nos, por instantes, pensar... "Mas porque é que comprei uma televisão?!"

E agora que me lembrei disso... Porquê?! Porquê um programa daqueles? Para quê a existência do mítico Macaco Adriano?!
Uma coisa é certa: Em relação ao Macaco Adriano, a TVI respondeu muito bem! Deixou a SIC de rastos... "Com o que é que respondeu a TVI?!", perguntam vocês... Eu respondo: José Castelo Branco!

Mas... E aquela frase do "Vá lá fazer um chichizinho que nós já voltamos...": Qual o objectivo?!
Uma coisa é certa: Se na TVI quisessem fazer isso para os intervalos, a frase seria:
"Pode ir beber a àgua e esperar que ela seja por si escretada que nós ainda demoramos um bocado!"

Enfim...


Sexta-feira, 12 de Agosto de 2005
Acordar ou não acordar? Eis a questão...
Ora, toda a gente sabe que ser operado ao coração não é bom sinal. Quer dizer que, enfim, algo de errado se passa com esse orgão vital que todos nós temos e que bombeia o sangue que alimenta todas as nossas células, apesar de em alguns casos (tipo Cláudio Ramos) parecer não alimentar as cerebrais.

Ora, Melvyn Reed, de 59 anos, director de uma empresa de nome Kettering, no centro de Inglaterra, sofria de coração. Desta forma, foi operado recentemente, a fim de ver se arrumava com esse problema.
Ora, quando um homem é operado, a sua esposa, normalmente, tem o cuidado de o ir visitar ao hospital após a operação, a fim de lhe dar algumas forças para que a recuperação corra bem. E, de facto, a mulher de Melvyn não se esqueceu! Mas não foi só uma mulher... Foram três!
Ou seja, o homem acorda e vê que as suas três mulheres já descobriram que ele praticava a bela da poligamia! E ali estavam as três, à espera de uma explicação!
O que eu acho é que, depois de ele abrir os olhos e ver aquilo, deve ter sido operado outra vez... E também ao coração!
(Calma! Sou eu a conspirar! Não foi isso que se passou... Coitado do homem!)

Mas estão a ver o filme, caros leitores? Tipo: Quando o gajo tem consciência de que está em forma e que tudo correu bem, abre os olhos e arrepende-se do que fez (Entenda-se: Abrir os olhos!).
É que, reparem: Isto da poligamia é coisa que até eleva a moral do gajo que a pratica!

Mas já pensaram o que é abrir os olhos e ver aquilo?

Tipo: é quase o mesmo que o Dias da Cunha abrir os olhos depois de uma operação (Certamente a colocação de um cérebro....) e ter o Filipe Vieira e o Pinto da Costa à frente... O gajo a pensar que já tinha um cérebro e tal, todo contente... E depois depara-se logo com o sistema à sua frente!!!

A verdade é que Melvyn Reed tinha-se casado pela primeira vez em 1966 com uma mulher que entretanto se separou dele, mas sem consumar o divórcio. Depois casou em 1998 e o seu terceiro casamento foi em 2003.

Agora vamos voltar ao cenário do hospital e pensar um pouco... Tipo: estão a imaginar aquelas conversas que se têm no hospital, com a pessoa ao lado...
"Ah, eu venho visitar o meu marido... Foi operado ao coração, veja lá!"
"Ai sim? Eu também venho visitar o meu marido e ele também foi operado ao coração!"
Isto é mesmo típico de filme, pah!
Mas mas típico era quando a terceira dissesse...
"Ah, o meu marido é o director daquela empresa... A Kettering! Sabem?!"
Aí é que a coisa devia ser engraçada!

Mas volto a pensar na situação do Melvyn... Tipo: É quase o mesmo que o Castelo Branco acordar após mais uma plástica e ver duas enfermeiras fogosas à sua frente... Ele certamente diria: "Que horror!! Chamem o meu motorista e saiam daqui, suas badalhocas!"


Quarta-feira, 10 de Agosto de 2005
Polícia nos EUA é grande profissão!
Ora, depois de um dia de trabalho, quando regressamos a casa e vemos um carro da polícia à nossa porta, sem ninguém, o que é que pensamos?
"Mas que raio? Será que tenho alguma coisa ilegal em casa? Mas o que é que será, se o outro avião não chegou a sair da Colômbia?!"

Ora, perante este dilema, um senhor (Que não se quis identificar) da Georgia, nos EUA, também não sabia o que fazer...
Ao entrar em casa, não viu o dito polícia, mas ouviu-o... Ouviu o polícia de 28 anos a arfar com a sua filha de 16.
Ou seja, este senhor tinha um polícia na cama com a sua filha! Isto deve ser um problema dos grandes... Porque nesta altura não sabemos se havemos de acusar o dito polícia ou se havemos de aproveitar este laço amoroso (ou apenas sexual) para também nós fazermos alguma coisita ilegal...

Mas uma coisa é certa: Com este problema, o pai da Lili Caneças nunca se deve ter deparado!
Por outro lado, hão-de haver outros pais que, de facto, levam com isto todos os dias... Os pais da Elsa Raposo, por exemplo! No tempo em que ela era mais jovem, aquilo não devia ser só o carro da polícia, como também o próprio carteiro, o homem do gás (O mito do homem do gás!!!!!), os homens do lixo, o Santana Lopes, o vizinho do lado... Enfim, o normal!

Mas esta sensação de chegar a casa e ter um carro da polícia à porta deve ser estranha...
Reparem: Se fosse outro carro qualquer, o homem entrava e ficava furioso quando soubesse que o condutor desse carro estava em exercícios horizontais com a sua filha...
Agora no caso do carro da polícia... Não será antes um "Ufa! Ainda bem que é só sexo com a minha filha que ele quer!" ?!

Quer dizer... Agora que penso, isto deve ser um bocado mau à mesma...
Mas pior será para o polícia, que quando chegar à esquadra, responderá com um "Andei aí por uns becos sem saída..." à pergunta "Onde é que andaste esta tarde?".
(Mas... Calma lá! O beco de que se fala tem saída!)

Tudo bem que houve a cena de Carcavelos recentemente, mas a verdade é que antes de ler esta notícia nunca tinha pensado na utilidade daquele cacete que acompanha os agentes da autoridade...

Agora sim, tem lógica!


'sussure alguma coisa ao ouvido do Dias:

'se quer saber onde raio anda o tal artigo que ouviu falar, procure aqui:
 
'Agosto 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
26
27

28
30
31


'apesar de frequentarem blogs muito maus, o Dias sugere-vos estes:
'coisas muito mal escritas, mas bastante recentes

' Sem título.

' E se eu não tivesse tempo...

' O nome "Vigor" pode mesmo...

' O fim das bolachas Maria.

' Se está farto de mulheres...

' Adorar vacas pode, afinal...

' Eles não gostam de nós.

' Não leia isto para bebés.

' Levante o pé.

' Contem-me uma melhor.

' Alto e pára o baile!

' Um casamento garante-te n...

' Já que a Bolsa não dá nad...

' Um dia não me lembrarei d...

' "Olha, queres uma pastilh...

' Uma Sueca em vez de Solit...

' É tudo uma questão de tem...

' Caros Leitores

' Isto desconcentra os deus...

' Vai um copo?

'porque um blog com um arquivo é sempre uma coisa muito gira
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


blogs SAPO
'subscrever feeds