Domingo, 28 de Maio de 2006
Aí está o despedimento mais estúpido do ano!

Na cidade de Bremen, na Alemanha, coisas estranhas acontecem.

Foi recentemente despedida uma animadora de rádio da "Radio Bremen", alegadamente porque esta vestia-se de forma demasiado sexy. Segundo a "Lady Ray" (Assim era conhecida no programa radiofónico que fazia.), o seu patrão dizia-lhe que a sua saia era demasiado curta e os seus decotes demasiado baixos.

Primeira questão: Mas aquilo a que ela chama de "boss" é mesmo um homem?

Por outro lado, é estranho, porque estamos a falar de rádio, onde só a voz conta! Durante imenso tempo pensei que os locutores de rádio eram uns gordos que, não tendo sucesso com o corpo, faziam render a voz aos microfones das rádios. Só depois da Maria de Vasconcelos ter sido capa da FHM é que percebi que talvez estivesse errado...

Este é, sem dúvida, o despedimento mais estúpido dos últimos meses.... Não se compreende mesmo!

Lady Ray disse ainda que não percebia porque raio foi despedida, pois (e passo a citar): "Os meus ouvintes não me vêem e os meus seios não falam ao microfone." (Grande frase, sim senhora!)

É um facto que os seios da senhora não falam ao microfone, mas não terá sido ela despedida precisamente por causa disso? Talvez o patrão não suportasse olhar para ela naquele estado e pensar que aquilo de nada vale à rádio...

É estranho pensar neste despedimento, mas alegrem-se portugueses! Se forem à Alemanha para ver os jogos do Mundial ao vivo, vão ter uma animadora de rádio com um apetite voraz a andar pelas ruas de Bremen!


há tanta coisa gira para fazer neste mundo, mas o Dias optou por escrever isto pois não tinha nenhuma amiga com ele e encontrava-se: Bem, obrigado...
enquanto o Dias escreveu este artigo, apesar de pequenas, as suas orelhas ouviram isto: Kasabian - Reason is Treason


Sábado, 20 de Maio de 2006
Vacas.

E começou a Cowparade na nossa capital!

Aquele que, possivelmente, é o evento mais esquisito do ano, a seguir à conquista do campeonato por parte do F.C. Porto, já está nas ruas de Lisboa! Vacas e mais vacas, pintadas por pessoas com uma visão alterada do nosso mundo e com uma capacidade fantástica para expressar as suas ideias através do pincel (E não, não é de Alexandre Frota que vos falo. O pincel é outro!)

A verdade é esta, caros leitores: A primeira vez que ouvi falar numa parada de vacas, a minha questão foi: "Isso é a cidade de Bragança ou vai ser mesmo um evento?"

É estranho, efectivamente, mas até tem pinta. Aquelas vaquinhas, todas pintadas segundo a visão lunática de alguns artistas. Gosto especialmente daquela com as teclas de computador... Mas a verdade é que já foi roubada uma vaca! A "Cowpyright", que estava no Campo Pequeno, já foi roubada! A pergunta impõe-se: Quem é que quer uma vaca daquelas em casa?

A pensar nisto, já me lembrei de uma hipótese: Talvez tenham sido os toureiros do Campo Pequeno! Agora basta porem umas rodas nas patas e já podem treinar as pegas ao toiro!

 

Acho que, depois de uma EXPO 98, da capital europeia da cultura no Porto em 2001 e do Euro 2004, do que Portugal estava a precisar era de uma cowparade!

Mas é preciso ter cuidadinho com elas! Se elas, por acaso, produzirem leite, há que mandá-lo logo para o mar, porque já passàmos as cotas que a União Europeia nos permite produzir! Cuidado com isso, pah!

Por outro lado, propunha que a seguir à cowparade se organizasse uma deputyparade, onde os deputados eram todos pintados e depois eram expostos na rua, em posturas cómicas!

Uma coisa é certa: O Paulo Portas seria pintado de cor-de-rosa! E ficava no Parque Eduardo VII, de cócoras...


enquanto o Dias escreveu este artigo, apesar de pequenas, as suas orelhas ouviram isto: Red Hot Chili Peppers - Torture Me
tags:


Quarta-feira, 17 de Maio de 2006
Lá se foi a fama.

Para mim, só durou um dia...

Há pouco o amigo Cabral lá tentou procurar por "Batatinha e Companhia nome" e apercebeu-se que este blog já não aparece na primeira página de resultados.

Com a breca, agora que eu via ali todo o potencial publicitário que este blog precisava!!

 

Há pouco tentei e só apareço na quinta página de resultados... Caramba!


há tanta coisa gira para fazer neste mundo, mas o Dias optou por escrever isto pois não tinha nenhuma amiga com ele e encontrava-se: Revoltado


Terça-feira, 16 de Maio de 2006
Obrigado, Batatinha e Companhia!

Foi com espanto que recebi da parte da DanSan, uma leitora atenta deste blog (e que, inclusivé, já deixou os seus comentários por aí), uma notícia bombástica para este site.

Ora então vamos todos ver com os nossos próprios olhos!

Abram, se faz favor, uma janela do Internet Explorer aí ao lado e vão ao Google. E agora, efectuem uma pesquisa com as seguintes palavras:

Batatinha e Companhia nome

Agora, na primeira página de resultados, vejam o sétimo site indicado. E espantem-se com eu me espantei!

A verdade é esta, meus caros: Uma pessoa que esteja, por exemplo, à procura do nome real da pessoa que desempenha o papel de "Batatinha" e que, naturalmente, usaria as palavras-chave acima indicadas para a pesquisa, tem o meu blog como a sétima melhor opção para obter essa resposta!

Se, por um lado, isto até é publicidade, por outro não deixa de ser inquietante: O que é que raio tem o meu blog a ver com o Batatinha e Companhia? Só porque escrevi essas palavras uma vez já sou uma fonte credível de informação?

Mas, mais inquietante ainda, é que o dito dueto de palhaços tem como público alvo a criançada. Imaginemos que uma criança qualquer decide ir à internet procurar por informações relativas ao seu dueto preferido. Essa criança corre o sério risco (muito sério mesmo!) de se deparar com este blog! Isto, pessoalmente, deixa-me preocupado... Eu não quero ser culpado pela má formação das novas gerações!

Que fique aqui bem claro: Eu não sei nada sobre o Batatinha e Companhia! Não sei o nome real deles... Nada! Só vos posso dizer que eles são pirosos... Nada mais!

Tenho, no entanto, de reconhecer nisto alguma publicidade localizada do meu blog. Acho que vou começar a usar mais expressões típicas de pesquisas do Google, tais como;

"Para quê um TGV?"

"Onde anda o Cavaco?"

"Arquivos sporting campeão" (Sem a palavra "Arquivos", esta pesquisa não fazia sentido...)

Inquietante, sem dúvida, mas bastante divertido. Os meus sinceros agradecimentos à Daniela! Volta sempre!


enquanto o Dias escreveu este artigo, apesar de pequenas, as suas orelhas ouviram isto: Franz Ferdinand - (O novo single. Está a dar no CC)


Quinta-feira, 11 de Maio de 2006
Podem usar máquinas de bricolage em muito sítio, mas...

...se a máquina for uma broca para fazer buracos na parede, é extremamente aconselhável que não a usem para pentear o cabelo da namorada, enquanto ela dorme.

A vossa pergunta: "Quem é que raio se lembra disso, Miguel?"

A minha resposta: Shee Theng, de 30 anos, morador de Edmonton, no Canadá. Foi ele quem tentou pentear a namorada com uma broca poderosa, enquanto a namorada dormia.

E vocês pensam: "Ok, Miguel, lá estás tu com esses trocadilhos ordinários... Era mesmo uma broca?"

Eu respondo: Era.

E esta deve ter sido uma das ideias mais esquisita que eu li nos últimos tempos, só ultrapassada na bizarria pela decisão da Presidente da Câmara de Vila de Rei em ir buscar empregados ao Brasil para o seu concelho...

Ok, pode causar efeitos engraçados o raio da broca no cabelo da namorada, mas há limites! Divirtam-se com os efeitos proporcionados por um aspirador, caramba! Ou então de uma batedeira eléctrica! (Se bem que esta, no auge, poderá causar dores fortes... Mas talvez não façam ninguém sangrar! Apenas perder uns cabelos...). Depois de se divertirem com tudo isto, pode ser que se lembrem do secador e do pente!

É, sem dúvida, uma decisão estúpida esta: Pentear a namorada com uma broca. Mas, se calhar, Shee Theng tencionava era abrir um buraco na cabeça da namorada, para certamente colocar ali um cabide onde pendurar a roupa durante a noite... Ou então, quiçá, estava a abrir um buraco para por lá dentro um cérebro!!

(Caramba, eu não me considero machista... Mas senti-me tentado a dizer esta! Peço desculpa...)

O advogado de Shee acaba por ser bastante sensato e compreesivo, proferindo a frase: "Este homem precisa de ajuda." Eu, por outro lado, acho que ele não precisa de ajuda... Precisa é de uma parede vazia para esburacar! Ou então de uma namorada careca!

E bom, vou andando que já ali tenho a máquina de lavar roupa pronta para me arranjar o cabelo.


há tanta coisa gira para fazer neste mundo, mas o Dias optou por escrever isto pois não tinha nenhuma amiga com ele e encontrava-se: Minimamente lúcido.


'sussure alguma coisa ao ouvido do Dias:

'se quer saber onde raio anda o tal artigo que ouviu falar, procure aqui:
 
'Maio 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
18
19

21
22
23
24
25
26
27

29
30
31


'apesar de frequentarem blogs muito maus, o Dias sugere-vos estes:
'coisas muito mal escritas, mas bastante recentes

' Sem título.

' E se eu não tivesse tempo...

' O nome "Vigor" pode mesmo...

' O fim das bolachas Maria.

' Se está farto de mulheres...

' Adorar vacas pode, afinal...

' Eles não gostam de nós.

' Não leia isto para bebés.

' Levante o pé.

' Contem-me uma melhor.

' Alto e pára o baile!

' Um casamento garante-te n...

' Já que a Bolsa não dá nad...

' Um dia não me lembrarei d...

' "Olha, queres uma pastilh...

' Uma Sueca em vez de Solit...

' É tudo uma questão de tem...

' Caros Leitores

' Isto desconcentra os deus...

' Vai um copo?

'porque um blog com um arquivo é sempre uma coisa muito gira
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


blogs SAPO
'subscrever feeds