Segunda-feira, 11 de Fevereiro de 2008
Há dias que não deviam ser assim.

(Repararam no trocadilho giro entre o título deste artigo e o título deste blog?)

 

Na próxima quinta-feira assinala-se, uma vez mais, o dia dos namorados.

Acho então que, a três dias deste pomposo dia, é o momento certo para reflectirmos sobre ele.

 

Eu, pessoalmente, acho o dia 14 de Fevereiro uma autêntica estupidez.

Sim, uma estupidez!

E, por favor, não me condenem por achar o que quer que seja, pois houve alguém que recentemente achou que José Castelo Branco tinha talento para a música, e esse alguém ainda não está preso.

 

Mas eu explico o porquê de afirmar que 14 de Fevereiro é um dia estúpido.

Pensem:

Ao nível promíscuo a que a nossa sociedade chegou, muitos são os casais que o são sem nunca passarem por um 14 de Fevereiro.

Aqueles pares de namorados que começam o relacionamento a 3 de Outubro e o acabam a 2 de Novembro... Não têm direito a um dia dos namorados?

Porquê?

O que é que eles têm a menos que o casal que começou a 13 de Fevereiro e acabou a 15 de Fevereiro?

 

Então e as épicas paixões de Verão?

Talvez haja mais amor nestas relações que duram apenas 2 semanas (as que se passam em Portimão) do que nas relações que duram, vá lá, 1 mês e que passam pelo dia 14 de Fevereiro!

 

Eu defendo que todos os dias devem ser dias dos namorados!

Sim, todos!

365 dias por ano (366, nos anos bissextos).

 

Sempre! A toda a hora, mensagens com sentimento, ramos de flores e velas acesas!

Se virem bem, a única indústria que engloba isto tudo a toda a hora é a das agências funerárias.

E nunca se ouviu falar de crise no sector...

 

É então lógico que a presença de velas, mensagens com sentimento e ramos de flores potencia a produtividade!

E se há coisa que falta nos relacionamentos de hoje em dia é a produtividade!

Sim!

Faltam crianças neste país porque os relacionamentos dos últimos tempos não têm produzido nada!

[Em Vila de Rei sempre se vão fazendo festas de solteiros para contrariar a tendência...]

Pelo contrário, dão dinheiro à pagã indústria do preservativo!

Malvados sejam, namorados de hoje em dia.

 

Mas ainda há mais: O dia dos namorados é também conhecido como dia de S. Valentim.

Eu sei que a história de S. Valentim é gira, e culmina com a sua decapitação do décimo quarto dia de Fevereiro do ano 260 d.C. .
Ainda assim, faz-me alguma confusão que o santo que dá o nome ao dia mais amoroso do ano seja Valentim.

Porque, tendo em conta o Valentim mais conhecido de Portugal, o dia associado ao seu nome jamais deveria ser o dia dos namorados!

 

Não quero com isto por em causa o relacionamento do senhor com a sua mulher!

Mas... Não seria mais lógico que o dia com o nome dele fosse "o dia do caciquismo autárquico"? Ou, vá... "O dia da corrupção desportiva"?

 

Dia de S. Valentim... O dia dos namorados?

A sério, namorados de Portugal: Neste dia, decretem blackout às vossas caras-metade.

E mostrem-lhes o amor nos 364 (ou 365, em anos bissextos) dias restantes do ano.

 

P.S.: Num artigo em que a promiscuidade nas relações é referido, nunca a música que se houve durante a redação do mesmo fez tanto sentido.


há tanta coisa gira para fazer neste mundo, mas o Dias optou por escrever isto pois não tinha nenhuma amiga com ele e encontrava-se: Bem, bem...
enquanto o Dias escreveu este artigo, apesar de pequenas, as suas orelhas ouviram isto: Amy Winehouse - Me & Mr. Jones (Just Fuckery)


já foram feitos 2 comentários. que coisa pujante!:
De Malasha a 12 de Fevereiro de 2008 às 16:23
lol...será que tu próprio cumpres o que sugeres??
Presentear a tua cara-metade com doces, bombons, carinhos...e mts presentes nos restantes 364 dias e 365 nos anos bixestos?

lolol..

realmente é engraçado, nunca se ouviu falar na crise no sector das funerárias! Bem, se calhar ainda enredo por esse campo..é uma coisa a pensar!
;')
bj*


De Diogo Santos a 30 de Junho de 2008 às 15:42
"Malvados sejam namorados de hoje em dia!" Mas que merda vem a ser esta??? LOOL ainda bem que nao a crise das funerarias se nao coitado do miguel..


podia ficar parado, mas na verdade não tenho muito que fazer. vou comentar isto então.

'sussure alguma coisa ao ouvido do Dias:

'se quer saber onde raio anda o tal artigo que ouviu falar, procure aqui:
 
'Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
15

17
18
19
22
23

24
27


'apesar de frequentarem blogs muito maus, o Dias sugere-vos estes:
'coisas muito mal escritas, mas bastante recentes

' Sem título.

' E se eu não tivesse tempo...

' O nome "Vigor" pode mesmo...

' O fim das bolachas Maria.

' Se está farto de mulheres...

' Adorar vacas pode, afinal...

' Eles não gostam de nós.

' Não leia isto para bebés.

' Levante o pé.

' Contem-me uma melhor.

' Alto e pára o baile!

' Um casamento garante-te n...

' Já que a Bolsa não dá nad...

' Um dia não me lembrarei d...

' "Olha, queres uma pastilh...

' Uma Sueca em vez de Solit...

' É tudo uma questão de tem...

' Caros Leitores

' Isto desconcentra os deus...

' Vai um copo?

'porque um blog com um arquivo é sempre uma coisa muito gira
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


blogs SAPO
'subscrever feeds