Segunda-feira, 3 de Março de 2008
Com um prato à frente tudo se explica melhor.

Um bom dicionário de língua portuguesa dá-nos como definições possíveis ao termo "conferência" as seguintes:

 

"acto de conferir;
confrontação, verificação, comparação;
conversação entre duas ou mais pessoas sobre assunto de interesse comum, público ou internacional;
discurso literário ou científico em público;
junta de médicos para trocarem impressões sobre o estado de um doente;
reunião de membros de um tribunal colectivo para decisão final ou acórdão;"

 

[Este Dicionário Online da Priberam é tão útil que devia ser considerado serviço público! A sério!]

 

Ora, eu olho para esta definição e não encontro nela nenhuma referência a almoços ou jantares...

Então porquê esta crescente mania das conferências em restaurantes?

 

Eu acho que tenho a resposta... E apresento-vos, estimados leitores, a minha teoria.

Com o 25 de Abril, Portugal emergiu das cinzas ditatoriais e banhou-se no doce leito da liberdade. Finalmente, o debate de ideias. Eleições livres e democráticas. E, por outro lado, Mário Soares. Mas enfim, nem tudo pode ser bom...

 

Dizia eu: Com o 25 de Abril, todos ficámos loucos com as novas possibilidades de discussão! [E eu falo na primeira pessoa do plural porque, como certamente sabem, estava cá no 25 de Abril...]

 Podia-se finalmente debater a importância da Europa no nosso país, as questões estratégicas relativamente às agora ex-colónias... Toda uma panóplia de assuntos que nos ajudaram a chegar aos dias de hoje. E, a avaliar como estamos, parece que podiamos ter chegado a melhores conclusões nessas conferências de outros tempos...

 

Acontece que hoje já não há muito para debater. Todos sabemos para onde vai o nosso barco. E, sabendo disso, todos procuramos a nossa oportunidade para saltar dele.

Não obstante, mantemo-nos em liberdade, e isso parece significar que temos de continuar a reunirmo-nos para debater os mais variados assuntos. Desde a política externa até à nova tecnologia de saltos altos para as senhoras.

 

E é aqui, julgo eu, que a moda das conferências nos restaurantes ganha credibilidade.

Porque estas conferências, hoje em dia, são uma valente seca. Porque o que ali se debate já pouco irá servir para salvar este país.

E, sendo uma valente seca, o que é que nos apetece fazer?

Dormir, claro.

 

Sendo uma conferência num restaurante, e discursando os oradores após a refeição, a plateia poder-se-á desculpar, relativamente à constante presença de bocejos, com uma frase à espanhol:

"Eu depois da refeição durmo sempre uma sesta, pá... É daí que vem o meu sono!"

 

Porque, convenhamos: Se o que houver para debater for mesmo importante, o que não falta neste país são anfiteatros de qualidade!

Não acham?


há tanta coisa gira para fazer neste mundo, mas o Dias optou por escrever isto pois não tinha nenhuma amiga com ele e encontrava-se: numa conferência à antiga.
enquanto o Dias escreveu este artigo, apesar de pequenas, as suas orelhas ouviram isto: David Fonseca- How Do You Keep Love Alive


'sussure alguma coisa ao ouvido do Dias:

'se quer saber onde raio anda o tal artigo que ouviu falar, procure aqui:
 
'Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
14
15

16
21
22

23
28
29

31


'apesar de frequentarem blogs muito maus, o Dias sugere-vos estes:
'coisas muito mal escritas, mas bastante recentes

' Sem título.

' E se eu não tivesse tempo...

' O nome "Vigor" pode mesmo...

' O fim das bolachas Maria.

' Se está farto de mulheres...

' Adorar vacas pode, afinal...

' Eles não gostam de nós.

' Não leia isto para bebés.

' Levante o pé.

' Contem-me uma melhor.

' Alto e pára o baile!

' Um casamento garante-te n...

' Já que a Bolsa não dá nad...

' Um dia não me lembrarei d...

' "Olha, queres uma pastilh...

' Uma Sueca em vez de Solit...

' É tudo uma questão de tem...

' Caros Leitores

' Isto desconcentra os deus...

' Vai um copo?

'porque um blog com um arquivo é sempre uma coisa muito gira
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


blogs SAPO
'subscrever feeds