Quarta-feira, 14 de Maio de 2008
Mas que artigo jeitoso!

Freud, como é sabido, defendia que todos nós nos movíamos ao sabor do que a líbido nos ordena.

Eu não acho, na medida em que o Estádio da Luz ainda vai enchendo para que as pessoas na bancada vejam a sua equipa perder. Se isso é prazer libidinoso então aquela tara por pés começa a ter algum sentido de existência.

 

Ainda assim, muitas são as evidências que me obrigam a, pelo menos parcialmente, concordar com Freud.

Uma delas é o facto de os trabalhadores da construção civil, os da verdadeira mão-de-obra (vulgarmente apelidados de trolhas), mesmo passando o dia de volta do betão e do ferro, não serem capazes de ignorar as senhoras que passam na rua.

Todos nós sabemos meia dúzia de piropos de trolhas, e há que confessar que alguns deles são bem originais.

 

Mas... Como fica a mulher depois de assediada por trabalhadores das obras?

Este é um trauma sobre o qual nem José Gameiro deve ter meditado.

Como interpretam as mulheres um piropo de senhores das obras: um elogio ou algo assustador?

A resposta pode vir na tese de mestrado de Holly Kearl, recentemente noticiada no site da CNN. Mais precisamente aqui.

 

Kearl diz-nos que podem haver as duas reacções em epígrafe enunciadas.

Das 225 mulheres que responderam ao inquérito, 98% diz já ter sido alvo do belo piropo na rua.

98%, caros leitores.

 

Isto quer dizer que, à parte de um certo erro, 98% das mulheres deste mundo têm, pelo menos, um admirador. Ainda há esperança para a Lili Caneças.

Mas 30% das mulheres dizem que são alvo de piropos muito frequentemente.

 

Eu devo confessar que não lanço piropos ao desbarato a moçoilas que não conheço.

Parece-me bastante estranho, ainda para mais num país onde há mais mulheres que homens.

Mas ainda há mais!

Eu gosto de olhar para as mulheres para além do corpo. Gosto de olhar para a carteira, por exemplo. E para o carro.

E há quem goste de olhar para o interior das mulheres. A sua essência. Coisa que eu também faria, se as radiografias não estivessem tão caras...

 

Mas uma professora de psicologia diz-nos algo que merece a nossa atenção.

Segundo ela, os piropos fazem com que as mulheres olhem para elas como sendo apenas um corpo, esquecendo-se que também são seres humanos e inteligentes.

Pois é, coitada da Merche Romero.

Já se esqueceu que sabia fazer continhas de somar...

 

O que me parece é que Freud tinha razão: nós só pensamos em sexo.

No entanto, eu diria que somos irracionais ao fazê-lo. Pelo menos nós, homens.

Porque, digam-me mulheres, nós com piropos não aumentamos a nossa probabilidade de vos levar para cama... Ou aumentamos?


há tanta coisa gira para fazer neste mundo, mas o Dias optou por escrever isto pois não tinha nenhuma amiga com ele e encontrava-se: autor de inúmeros piropos.
enquanto o Dias escreveu este artigo, apesar de pequenas, as suas orelhas ouviram isto: Interpol - Pace is The Trick


'sussure alguma coisa ao ouvido do Dias:

'se quer saber onde raio anda o tal artigo que ouviu falar, procure aqui:
 
'Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
15
16
17

18
19
21
22
23

25
30
31


'apesar de frequentarem blogs muito maus, o Dias sugere-vos estes:
'coisas muito mal escritas, mas bastante recentes

' Sem título.

' E se eu não tivesse tempo...

' O nome "Vigor" pode mesmo...

' O fim das bolachas Maria.

' Se está farto de mulheres...

' Adorar vacas pode, afinal...

' Eles não gostam de nós.

' Não leia isto para bebés.

' Levante o pé.

' Contem-me uma melhor.

' Alto e pára o baile!

' Um casamento garante-te n...

' Já que a Bolsa não dá nad...

' Um dia não me lembrarei d...

' "Olha, queres uma pastilh...

' Uma Sueca em vez de Solit...

' É tudo uma questão de tem...

' Caros Leitores

' Isto desconcentra os deus...

' Vai um copo?

'porque um blog com um arquivo é sempre uma coisa muito gira
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


blogs SAPO
'subscrever feeds