Terça-feira, 2 de Setembro de 2008
Fora de tempo.

Em tantos anos de Humanidade, raros parecem ser os casos de pessoas que não são do tempo em que vivem.

Galileu, segundo muitos, era um senhor muito à frente da sua época.

E Zezé Camarinha é um senhor de há muitos séculos atrás.

 

Tal como ficou provado nas duas frases antecedentes, não estarmos no nosso tempo nem sempre é positivo.

E digo isto porque Galileu morreu solteiro.

Mas... Porque será que existem pessoas fora do tempo em que habitam este planeta?

 

Eu julgo que é tudo uma questão de prioridades.

Galileu dava demasiado ênfase à componente intelectual da existência humana, deixando de lado a arte de, com uma autêntica floresta de pêlos no peito, cativar turistas inglesas.

E Camarinha, exactamente o contrário.

 

A verdade é que, tratando-se de prioridades, a existência de pessoas fora do seu tempo tem aumentado. E muito!

Já não são só os arqueólogos, cujo futuro se encontra em ruínas, os que não estão conosco no século XXI.

São muitos os que se projectam no eixo temporal, para algumas semanas depois ou então para anos antes do momento actual.

Eu, por exemplo, escrevi este artigo três semanas antes dele ser publicado. Isso projectamente para o futuro ou para o passado? Não sei. Nem quero saber.

 

Mas... Já repararam como os políticos, por exemplo, nunca se encontram no presente? Alternam sempre entre o passado e o futuro. O passado de expressões como "O senhor quando esteve no Governo / na presidência da Câmara Municipal nada fez". E o futuro, quando prometem fazer o melhor pelo seu país ou pelo seu concelho.

 

Não. Isto de estarmos no nosso tempo parece estar a perder adeptos.

Os meteorólogos, por exemplo.

Passam a vida a prever, a prever.

E o tempo de ontem? Querem ver que me esqueci?

Mas amanhã haverão aguaceiros fracos em toda a zona a norte do Cabo Carvoeiro, sendo que a sul deste se verificará céu muito nublado com abertas na parte da tarde.

Não estarão os meteorólogos sempre uns dias à frente de nós?

 

Mas isso, é sabido, dá jeito à Humanidade.

Tal como nos deu jeito Galileu.

Estar à frente do nosso tempo parece ser francamente melhor para a Humanidade que estar atrás.

Senão pensem: Sem meteorólogos no dia de amanhã, sobre o que é que falaríamos na viagem de hoje de elevador?


há tanta coisa gira para fazer neste mundo, mas o Dias optou por escrever isto pois não tinha nenhuma amiga com ele e encontrava-se: No meu tempo.
enquanto o Dias escreveu este artigo, apesar de pequenas, as suas orelhas ouviram isto: Kasabian - British Legion


'sussure alguma coisa ao ouvido do Dias:

'se quer saber onde raio anda o tal artigo que ouviu falar, procure aqui:
 
'Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

28
30


'apesar de frequentarem blogs muito maus, o Dias sugere-vos estes:
'coisas muito mal escritas, mas bastante recentes

' Sem título.

' E se eu não tivesse tempo...

' O nome "Vigor" pode mesmo...

' O fim das bolachas Maria.

' Se está farto de mulheres...

' Adorar vacas pode, afinal...

' Eles não gostam de nós.

' Não leia isto para bebés.

' Levante o pé.

' Contem-me uma melhor.

' Alto e pára o baile!

' Um casamento garante-te n...

' Já que a Bolsa não dá nad...

' Um dia não me lembrarei d...

' "Olha, queres uma pastilh...

' Uma Sueca em vez de Solit...

' É tudo uma questão de tem...

' Caros Leitores

' Isto desconcentra os deus...

' Vai um copo?

'porque um blog com um arquivo é sempre uma coisa muito gira
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


blogs SAPO
'subscrever feeds