Sexta-feira, 5 de Setembro de 2008
Portugal Guide II

Conversar com um português não é, de todo, uma tarefa fácil.

Tal como abordado no capítulo anterior, um simples cumprimento pode dar azo a uma valente discussão.

E para discussão neste Portugal, sinceramente, já chega a Tertúlia Cor-de-Rosa.

 

Portuguese people, as I told before, are quite complicated.

Just think about the simple way Rooney plays football and the complicated way Ronaldo dribles the ball.

That means we are very complicated, but thanks to that we can score more goals.

 

No entanto, a conversa em si não é de todo difícil. O difícil mesmo é começar.

Se já conseguiu dizer o cumprimento certo, está no bom caminho.

Mas logo de seguida, há uma questão que se impõe.

A questão que toda a gente coloca, em todo o mundo.

Mas em Portugal, o problema não é a forma como se coloca a questão, mas sim a forma como se responde e como se encara a resposta do outro.

 

Well, the conversation by itself isn't hard. We like to talk about common things: Weather, sex, football, drunk nights...

The hardest part on a conversation with a portuguese is the way you beggin.

After saying "Hi!" (wich I hope you've learned on the first chapter of this guide), I guess, you'll have something to ask.

If you really want to have a small talk, instead of asking the way to the beach you're looking for, then you'll say something that everyone says, anywhere in the world!

But, be carefull, in Portugal things won't go the same way as everywhere else.

 

"Então, tudo bem?"

"Como vai a vida?"

"O Benfica, continua em altas?"

São variantes da pergunta que tão naturalmente surge na conversa do português.

No entanto, a resposta nunca é positiva. Nunca!

O português tem sempre, mas sempre, de se queixar de alguma coisa.

E o Benfica tem sempre de andar mal.

 

"How are you?".

That's what everyone asks.

And for the portuguese people, when thinking about the answer, they think almost in the Shakespeare way:

"Not to be, or not to be good: that is the question."

'Cause portuguese people have always something wrong in their life.

Portuguese never say "Oh, I'm fine!".

Never. 'Cause we're never fine.

 

Há quem diga que a culpa é de termos passado pela ditadura há tão pouco tempo.

E a lógica é a seguinte: no tempo de Salazar, se alguém dissesse que andava bem, só podia estar no lado deles.

Só um bufo é que podia andar bem.

Sinceramente, eu acho esta teoria errada.

Naquele tempo, Portugal estava ensinado a gostar da sua miséria, logo estava sempre bem.

E quem dissesse que estava mal, só podia ser comunista!

O que eu acho é que, com os cravos nas metralhadoras, veio também a liberdade de Portugal dizer que vai mal. No fundo, a liberdade da verdade.

 

Portuguese people are never fine, and I guess you're asking why.

The answer comes with a few question marks:

Have you seen our wages?

Have you seen the oil prices?

Have you seen Portugal being defeated by Germany on Euro 2008?

Come on... We're on a really bad situation!

Do you want to help us?

Good! Take us to the nearest bar and pay us a beer!

We'll be better after it.


há tanta coisa gira para fazer neste mundo, mas o Dias optou por escrever isto pois não tinha nenhuma amiga com ele e encontrava-se: Guia turístico.
enquanto o Dias escreveu este artigo, apesar de pequenas, as suas orelhas ouviram isto: Bloc Party - Ares


'sussure alguma coisa ao ouvido do Dias:

'se quer saber onde raio anda o tal artigo que ouviu falar, procure aqui:
 
'Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

28
30


'apesar de frequentarem blogs muito maus, o Dias sugere-vos estes:
'coisas muito mal escritas, mas bastante recentes

' Sem título.

' E se eu não tivesse tempo...

' O nome "Vigor" pode mesmo...

' O fim das bolachas Maria.

' Se está farto de mulheres...

' Adorar vacas pode, afinal...

' Eles não gostam de nós.

' Não leia isto para bebés.

' Levante o pé.

' Contem-me uma melhor.

' Alto e pára o baile!

' Um casamento garante-te n...

' Já que a Bolsa não dá nad...

' Um dia não me lembrarei d...

' "Olha, queres uma pastilh...

' Uma Sueca em vez de Solit...

' É tudo uma questão de tem...

' Caros Leitores

' Isto desconcentra os deus...

' Vai um copo?

'porque um blog com um arquivo é sempre uma coisa muito gira
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


blogs SAPO
'subscrever feeds