Segunda-feira, 15 de Setembro de 2008
As strippers já tinham descoberto isto há muito tempo.

Esperem só um parágrafo.

Onde é que raio deixei o meu telemóvel?

Apre, não o encontro...

Só mais uma linha.

Já encontrei!

 

Bolas, cheguei a assustar-me!

Porque é que nós temos a mania de ter muitos bolsos na nossa indumentária?

A sério: Não chegavam dois bolsos apenas, nas calças?

Para mim chegavam.

Até porque se eu quisesse trazer muitas coisas atrás, pedia a uma amiga para meter as minhas coisas na malinha dela!

(Vá, amigas, não deixem de ser prestáveis agora que contei o segredo para andar sempre de mãos livres quando é preciso...)

 

A questão está no ar: Porquê tantos bolsos?

Podia aqui tentar uma teoria bem rebuscada, com base no sentido de arrumação que nos invade esporadicamente.

Mas de que me vale teorizar se entretanto descubro esta notícia?

("Qual, Dias?", perguntam-se os caríssimos leitores. A notícia que está nesta hiperligação.)

Laura McLaren, da Califórnia, inventou um sutiã com bolsos!

 

A partir de hoje, se estiverem ao balcão e virem uma senhora a colocar a mão no seu seio, não se armem em campeões... Está só a tirar a carteira, amigos!

Esta invenção acaba por matar dois doelhos de uma só cajadada: deixam-se as mãos livres e aumenta-se o tamanho aparente dos seios.

Ou seja, dentro de algum tempo todas as mulheres parecerão estar em fase de aleitamento dos filhos.

 

Ainda assim, levantam-se algumas questões: o tamanho dos bolsos é proporcional ao tamanho do sutiã?

Se assim for, será que o sutiã da Pamela Anderson terá parquímetro?

 

Apraz-me no entanto enaltecer que é urgente que esta notícia não seja divulgada! Eu próprio não a devia publicitar com este artigo!

E porquê? Porque se isto se tornar popular, dentro em breve os carteiristas vão começar a reparar que os bolsos andam vazios...

E, pior ainda, vão tornar-se nuns depravados que, ao verem um par de seios aparentemente maior, se agarraram a ele com unhas (mas sem dentes), pensando encontrar ali uma notinha de 10 euros!

 

Não, isto não se pode tornar público.

Ainda assim, vou querer estar na fila da loja de conveniência quando a Soraia Chaves quiser pagar algo e tiver as mãos ocupadas.

"Ó Dias, desculpa lá... Podias-me tirar a carteira d'aqui?"

"Com todo o... Prazer."


há tanta coisa gira para fazer neste mundo, mas o Dias optou por escrever isto pois não tinha nenhuma amiga com ele e encontrava-se: Com o telemóvel na mão.
enquanto o Dias escreveu este artigo, apesar de pequenas, as suas orelhas ouviram isto: of Montreal - Requiem for O.M.M.2


'sussure alguma coisa ao ouvido do Dias:

'se quer saber onde raio anda o tal artigo que ouviu falar, procure aqui:
 
'Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

28
30


'apesar de frequentarem blogs muito maus, o Dias sugere-vos estes:
'coisas muito mal escritas, mas bastante recentes

' Sem título.

' E se eu não tivesse tempo...

' O nome "Vigor" pode mesmo...

' O fim das bolachas Maria.

' Se está farto de mulheres...

' Adorar vacas pode, afinal...

' Eles não gostam de nós.

' Não leia isto para bebés.

' Levante o pé.

' Contem-me uma melhor.

' Alto e pára o baile!

' Um casamento garante-te n...

' Já que a Bolsa não dá nad...

' Um dia não me lembrarei d...

' "Olha, queres uma pastilh...

' Uma Sueca em vez de Solit...

' É tudo uma questão de tem...

' Caros Leitores

' Isto desconcentra os deus...

' Vai um copo?

'porque um blog com um arquivo é sempre uma coisa muito gira
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


blogs SAPO
'subscrever feeds