Quarta-feira, 1 de Outubro de 2008
Já fez o seu?

Sento-me em frente ao computador, abro o site de gestão deste singelo blog, carrego no link que diz "Novo Post" e penso para mim: Está na hora de trabalhar.

Pode parecer um exagero isto. Este artigo: Trabalho?

Eu próprio não acho que isto seja trabalho, confesso-vos... Mas se até Cláudio Ramos se apresenta como "um excelente profissional" quando comenta as fofoquices da TV Guia, porque não posso eu considerar este artigo uma valente empreitada sob o ponto de vista intelectual?

 

Ainda assim, convenhamos: trabalho é coisa que só um grupo restrito desempenha.

Com o desemprego a aumentar e a função pública a funcionar como sempre, é óbvio que há muita gente neste país que não faz nada.

 

O problema é que há muitos que não trabalham, mas queriam trabalhar, e outros que dizem que trabalham e, na verdade, passam o dia a ler coisas na internet. A ler blogs, sei lá.

 

É dos que procuram trabalho que eu vos vou falar hoje.

E isto porque quem procura emprego redige sempre o seu currículo.

Mas... Serão todos os currículos sinceros?

Ou será que há quem entre nós se diga engenheiro sem o ser?

Se estão nessa situação, o Partido Socialista é a vossa solução.

(Isto rima e tudo!)

E São Bento, a vossa futura morada. Vá, toca a alistarem-se nos rosas...

 

O estudo foi feito pelo careerbuilder.com, e desta vez o link para a fonte deste artigo nem se encontra entre parêntesis.

Este belo estudo apresenta-nos um conjunto de adulterações que apareceram nos curriculos de alguns pretendentes norte-americanos a empregos interessantes.

Coisas como: "Eu sou membro da família Kennedy."

 

Logo aqui algo se impõe: para quê adulterar um currículo?

Eu sei que pode haver quem entre nós tenha o azar de ter no seu currículo "Licenciatura em Filosofia".

Mas... Porque não hão-de colocar isso no currículo quando concorrem para trabalhar nas caixas do Modelo?

 

Certo, tudo bem, há que adulterar o currículo de vez em quando.

Se, na realidade, muitos de nós fingem que trabalham, porque é que não hão-de fingir também o seu currículo?

O chato é quando dizem que tiveram experiência militar numa data anterior ao seu nascimento, tal como o estudo do careerbuilder.com nos apresenta...

É um problema que só esta geração nova tem.

Já malta como o Mário Soares, pode perfeitamente dizer que andou a combater as tropas de Junot durante a Guerra Peninsular.

Mesmo que não tenha andado, a sua idade permite tal inverdade.

E as suas bochechas também.

 

Mas o careerbuilder.com, como site de referência que é (ou então não é, mas achei engraçado usar esta expressão agora), deixa-nos alguns conselhos para a redacção do nosso currículo.

E um deles apela à nossa honestidade.

Eu acho bonito isto.

Especialmente se estiverem a concorrer para um lugar na administração de uma gasolineira.

Eu sei que não gostam de dizer que, durante a vossa infância, roubaram chocolates na loja de conveniência do vosso bairro.

Mas, acreditem: a direcção da gasolineira irá gostar de saber que vocês já têm experiência na actividade que irão desempenhar.

 

Sejam honestos.


há tanta coisa gira para fazer neste mundo, mas o Dias optou por escrever isto pois não tinha nenhuma amiga com ele e encontrava-se: Bem.
enquanto o Dias escreveu este artigo, apesar de pequenas, as suas orelhas ouviram isto: Mogwai - Hunted By a Freak


1 leitor já disse o que achava:
De alguém que será difícil identificar mais tarde a 5 de Outubro de 2008 às 11:49
eu li as tags


podia ficar parado, mas na verdade não tenho muito que fazer. vou comentar isto então.

'sussure alguma coisa ao ouvido do Dias:

'se quer saber onde raio anda o tal artigo que ouviu falar, procure aqui:
 
'Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
16
17
18

19
21
23
25

26
27
28
30
31


'apesar de frequentarem blogs muito maus, o Dias sugere-vos estes:
'coisas muito mal escritas, mas bastante recentes

' Sem título.

' E se eu não tivesse tempo...

' O nome "Vigor" pode mesmo...

' O fim das bolachas Maria.

' Se está farto de mulheres...

' Adorar vacas pode, afinal...

' Eles não gostam de nós.

' Não leia isto para bebés.

' Levante o pé.

' Contem-me uma melhor.

' Alto e pára o baile!

' Um casamento garante-te n...

' Já que a Bolsa não dá nad...

' Um dia não me lembrarei d...

' "Olha, queres uma pastilh...

' Uma Sueca em vez de Solit...

' É tudo uma questão de tem...

' Caros Leitores

' Isto desconcentra os deus...

' Vai um copo?

'porque um blog com um arquivo é sempre uma coisa muito gira
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


blogs SAPO
'subscrever feeds