Quarta-feira, 29 de Outubro de 2008
"É como andar de bicicleta."

Uma das expressões que mais gosto na nossa cultura é a que defende que andar de bicicleta nunca se esquece.

"Então, pá? Isso é como andar de bicicleta: nunca se esquece!"

Quem é que disse que nunca ninguém se esquece de como se anda de bicicleta?

Venha de lá esse pensador que temos de ter uma conversa longa!

 

Pensem em José Azevedo: O homem já acabou o Tour de France em 5º lugar.

Mas não conseguiu, três anos depois, ganhar a Volta a Portugal.

Acham mesmo que ele não se esqueceu de como se anda de bicicleta?

 

Mas andar de bicicleta é giro. E devia estar mais na moda.

É uma ideia peregrina (não que esta vá para Fátima a pé), e com a recente escalada do preço do petróleo, o assunto voltou à tona: Porque é que na cidade não se anda mais de bicicleta?

Na verdade, é só vantagens: Não se gasta dinheiro em combustível e não se perde tempo em filas de trânsito.

Para além da manutenção da forma. Se a Valentina Torres fosse de bicicleta para os estúdios da SIC, não estaria tão balofa.

 

Eu não ando de bicicleta porque moro próximo do meu local de estudo. Tão próximo que vou a pé.

Mas se morasse um pouquinho mais longe, naquele limiar que já roça o incómodo em ir a pé e, ao mesmo tempo, ainda é um desperdício comprar o passe do Metro... Será que ia de bicicleta?

Ia, pois!

Se até o Armstrong, com apenas um testículo, conseguiu ganhar o Tour 7 vezes seguidas, porque é que eu, munido de duas gónadas, não conseguiria fazer uns quilómetros por dia?

 

No entanto, as mulheres já não dizem o mesmo...

Segundo um estudo do Reino Unido, as mulheres não andam de bicicleta pois não podem chegar ao trabalho todas suadas.

(O estudo, claro, não é meu. É de alguém, e está apresentado neste belo e cativante sítio da internet.)

É, sem dúvida, um bom motivo.

Eu próprio defendo isso também. Mulheres suadas a trabalhar, não, por favor.

Mas... Não será possível andar de bicicleta sem suar?

Azar o nosso, bolas. Moramos todos no fundo do vale, e o nosso escritório fica sempre no cume da montanha ali ao lado.

 

O que eu acho é que as mulheres britânicas não gostam de bicicletas.

Mas a bicicleta é um veículo simpático, acreditem!

Vamos ali de cabelos ao vento e tal...

Ah, bolas... Esqueçam, mulheres. Outro dos motivos apresentados pelas senhoras britânicas para não andarem de bicicleta é o facto de o capacete de segurança lhes estragar o penteado.

O que é estranho, se pensarmos em Paula Bobone, por exemplo.

O próprio cabelo de Bobone parece um capacete. Não percebo qual é o problema.

 

Mas sim, o penteado é uma coisa importante.

Houvessem bicicletas com um secador de cabeleireiro e um sofá para nos sentarmos e as mulheres já deixavam o carro em casa.

No entanto, 19% das inquiridas neste estudo afirma que não podem ir para o emprego de bicicleta pois não podem correr o risco de serem vistas pelos seus colegas sem maquilhagem.

 

E penso que os colegas delas agradecem.

Pois se dependem assim tanto da maquilhagem para parecerem bem, os colegas delas não devem desejar ver a cara real delas.

Mas se forem a Lili Caneças... Nesse caso, não se incomodem. São feias de qualquer forma.


há tanta coisa gira para fazer neste mundo, mas o Dias optou por escrever isto pois não tinha nenhuma amiga com ele e encontrava-se: Ciclista de circunstância.
enquanto o Dias escreveu este artigo, apesar de pequenas, as suas orelhas ouviram isto: Fiona Apple - Oh Sailor


'sussure alguma coisa ao ouvido do Dias:

'se quer saber onde raio anda o tal artigo que ouviu falar, procure aqui:
 
'Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
16
17
18

19
21
23
25

26
27
28
30
31


'apesar de frequentarem blogs muito maus, o Dias sugere-vos estes:
'coisas muito mal escritas, mas bastante recentes

' Sem título.

' E se eu não tivesse tempo...

' O nome "Vigor" pode mesmo...

' O fim das bolachas Maria.

' Se está farto de mulheres...

' Adorar vacas pode, afinal...

' Eles não gostam de nós.

' Não leia isto para bebés.

' Levante o pé.

' Contem-me uma melhor.

' Alto e pára o baile!

' Um casamento garante-te n...

' Já que a Bolsa não dá nad...

' Um dia não me lembrarei d...

' "Olha, queres uma pastilh...

' Uma Sueca em vez de Solit...

' É tudo uma questão de tem...

' Caros Leitores

' Isto desconcentra os deus...

' Vai um copo?

'porque um blog com um arquivo é sempre uma coisa muito gira
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


blogs SAPO
'subscrever feeds