Quarta-feira, 18 de Fevereiro de 2009
Um artigo na crista da onda.

Permitam-me o uso da ironia, mas eu sempre quis ser surfista.

Entrar na onda, fazer aqueles gestos estranhos com a mão e vestir Billabong.

Mas cedo a vida me mostraria que eu tinha coragem para ser mais que surfista.

No fundo, há demasiada testosterona em mim, e no surf isso não se utiliza.

 

Vamos lá ver: O que é o surf?

O surf é o desporto "radical" que, de radical, nada tem.

Pois, apesar da definição de "radical" patente no dicionário não estar do meu lado, tenho para mim que a um desporto radical deve estar sempre associado um elevado risco.

Um engano no skate e ganha-se gesso à volta de uma perna.

Um erro em downhill significa aulas práticas de "Topografia de Camas de Hospital".

Uma escorregadela em escalada livre e lá se vão duas costelas.

 

E no surf, como é?

Olha, no surf o menino engana-se e... Cai na água.

Upa upa! Mas que coisa arriscada, não haja dúvida.

Cair da água quando se está ao nível desta é um perigo que não se imagina!

 

Até poderá surgir quem, ao som de Jack Johnson, me apelide de nomes estranhos na zona de comentários, mas eu não me controlo - Segurem-me, segure-me! - e, mesmo sabendo que pode ser uma frase polémica, eu tenho de a escrever:

O surf é o desporto mais maricas que há.

 

(Poderiam pensar que era a ginástica artística, mas eu cá costumo ver os bailarinos a atirarem as bailarinas ao ar e a agarrá-las. Se isto não é de homem, de certeza que também não o será andar em cima de uma tábua a "rasgar" ondinhas.)

 

Apesar de toda esta minha certeza, surgiu hoje mesmo uma notícia que, aparentemente, podia colocar toda a minha teoria em xeque.

(E como eu não gosto de falar das coisas sem dizer onde as fui buscar, aqui está a notícia.)

Enquanto surfava na praia de Terrigal, no sudoeste da Austrália, um senhor de 67 anos, de nome Phillip Worth perdeu... A dentadura.

 

Afinal, o surf pode levar-nos a dentadura.

A primeira reacção é esta:

"Sim senhor, o surf é coisa de homens, pois tal como no pugilismo é possível ficarmos com um sorriso estranho depois de uma competição."

No entanto, perdoem o Sherlock Holmes que há em mim...

Após aturada investigação (ou apenas a leitura integral do artigo que hiperliguei em epígrafe) observou-se que a dentadura que o sr. Worth perdeu, afinal, era postiça.

E que, para cúmulo, ele só a perdeu porque espirrou.

 

Mas que desporto radical é este em que o maior risco que se corre é espirrar, usando uma dentadura postiça?

Vendo as coisas por este prisma até o futebol é mais radical que isto, especialmente quando em campo está o Bruno Alves.

 

Ainda assim, tal como todas as histórias do mundo cor-de-rosa (sim, é neste mundo que o surf existe) também esta tem um final feliz.

Phillipe Worth viria a encontrar a sua dentadura a boiar na água, 26 horas depois de a ter perdido.

E diz ele que agora a dentadura está mais polida, mais confortável.

Ainda bem, caro Worth.

Ficamos felizes por si.

É que ter uma dentadura ríspida é coisa de homem, e isso podia ser estranho para o senhor.


há tanta coisa gira para fazer neste mundo, mas o Dias optou por escrever isto pois não tinha nenhuma amiga com ele e encontrava-se: com os dentes no sítio.
enquanto o Dias escreveu este artigo, apesar de pequenas, as suas orelhas ouviram isto: The Grates - Trampoline


já foram feitos 2 comentários. que coisa pujante!:
De Jp a 29 de Junho de 2009 às 03:08
Se vc quer se laska va a uma praia q tem corais tipo teahupoo ou desert point ... ou se quiser pode ver o quanto vc consegue fica sem respirar ,va em jaws ...
ou va em recife surfa na praia de boa viagem la com os tubarões!
sem falar no risco de vc se encontrar com as quilhas de sua prancha cortando-lhe....

quando vc se arrisca no surf vc pode ter algumas ocasiões bem desagradaveis!
e n quer dizer que se vc ver uma desas noticias....procure saber mais!!!!!


De delta_unit a 29 de Junho de 2009 às 13:38
Oi?
Confesso que o português de "Jp" é bastante inacessível.


podia ficar parado, mas na verdade não tenho muito que fazer. vou comentar isto então.

'sussure alguma coisa ao ouvido do Dias:

'se quer saber onde raio anda o tal artigo que ouviu falar, procure aqui:
 
'Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

15
17
19
21

22
23
24
27
28


'apesar de frequentarem blogs muito maus, o Dias sugere-vos estes:
'coisas muito mal escritas, mas bastante recentes

' Sem título.

' E se eu não tivesse tempo...

' O nome "Vigor" pode mesmo...

' O fim das bolachas Maria.

' Se está farto de mulheres...

' Adorar vacas pode, afinal...

' Eles não gostam de nós.

' Não leia isto para bebés.

' Levante o pé.

' Contem-me uma melhor.

' Alto e pára o baile!

' Um casamento garante-te n...

' Já que a Bolsa não dá nad...

' Um dia não me lembrarei d...

' "Olha, queres uma pastilh...

' Uma Sueca em vez de Solit...

' É tudo uma questão de tem...

' Caros Leitores

' Isto desconcentra os deus...

' Vai um copo?

'porque um blog com um arquivo é sempre uma coisa muito gira
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


blogs SAPO
'subscrever feeds