Sexta-feira, 3 de Abril de 2009
Fique mais um pouco.

Preâmbulo: Procrastinar, em turco, diz-se ertelemek.

 

 

Está no emprego, caro leitor?

Está?

Então não abra outra página.

Deixe este artigo aberto no seu computador e antes mesmo de continuar a lê-lo, vá chamar o seu superior e convide-o a vir ler este artigo.

 

"Mas tu estás doido, Dias?"

Claro que não.

Estou a ser seu amigo.

 

(E aqui está a hiperligação para a notícia da Reuters.)

 

Segundo um estudo da Universidade de Melbourne, os trabalhadores que lêem blogs ou que vão ao YouTube ou ao Facebook durante o horário de trabalho são mais produtivos.

Viu, senhor superior na hierarquia empresarial em relação ao meu leitor, como tem um belo empregado?

Vá, aumente-lhe o ordenado.

 

Eu já sabia que quem me lia não era mau trabalhador.

Apenas e só porque, ao ler tão deprimentes escritos, qualquer pessoa percebe que nesta internet não se irá divertir, pelo que voltará ao seu trabalho.

 

O estudo, por seu turno, explica a coisa dizendo que ao navegar pela internet o trabalhador descansa o seu intelecto, podendo voltar ao trabalho com a concentração máxima, produzindo assim muito mais trabalho.

Eu acredito que sim.

E o inverso também se verifica: Quem trabalha na internet durante muito tempo também procura vida a sério ocasionalmente.

Ao se aperceberem que não têm jeito para conjungar o verbo "socializar", voltam para o computador e ficam produtivos.

E depois decidem criar o Second Life, só para não passarem pelo embaraço que é contactar com pessoas ao vivo.

 

É verdade, pois claro, que um devaneio pela internet aumenta a produtividade no trabalho.

Porque a internet tem coisas muito úteis para criar preâmbulos, como dicionários que nos permitem traduzir verbos para turco.

 

Por outro lado, o estudo diz-nos que, para ser produtivo, o cérebro precisa de descansar, deambulando por assuntos menos sérios e mais idiotas.

Mas ficar nesses assuntos durante muito tempo é também um perigo.

E é aí que se distinguem as pessoas.

Há os que roçam a parvoíce apenas por instantes, para que o cérebro alivie, e esses chegam longe.

E depois há a Maya.


há tanta coisa gira para fazer neste mundo, mas o Dias optou por escrever isto pois não tinha nenhuma amiga com ele e encontrava-se: produtivo!
enquanto o Dias escreveu este artigo, apesar de pequenas, as suas orelhas ouviram isto: Little Joy - Keep Me In Mind


'sussure alguma coisa ao ouvido do Dias:

'se quer saber onde raio anda o tal artigo que ouviu falar, procure aqui:
 
'Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
28
30


'apesar de frequentarem blogs muito maus, o Dias sugere-vos estes:
'coisas muito mal escritas, mas bastante recentes

' Sem título.

' E se eu não tivesse tempo...

' O nome "Vigor" pode mesmo...

' O fim das bolachas Maria.

' Se está farto de mulheres...

' Adorar vacas pode, afinal...

' Eles não gostam de nós.

' Não leia isto para bebés.

' Levante o pé.

' Contem-me uma melhor.

' Alto e pára o baile!

' Um casamento garante-te n...

' Já que a Bolsa não dá nad...

' Um dia não me lembrarei d...

' "Olha, queres uma pastilh...

' Uma Sueca em vez de Solit...

' É tudo uma questão de tem...

' Caros Leitores

' Isto desconcentra os deus...

' Vai um copo?

'porque um blog com um arquivo é sempre uma coisa muito gira
2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


blogs SAPO
'subscrever feeds