Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

há Dias assim...

Há dias históricos, banais, marcantes, deprimentes, excelentes, maus, magníficos, secantes, fantásticos, desinteressantes e, quiçá, bons. E depois também há Dias assim... Se gosta de Dias assim, parabéns. Está no blog certo.

Há dias históricos, banais, marcantes, deprimentes, excelentes, maus, magníficos, secantes, fantásticos, desinteressantes e, quiçá, bons. E depois também há Dias assim... Se gosta de Dias assim, parabéns. Está no blog certo.

há Dias assim...

26
Nov07

A chama da sedução.

delta_unit

Ir ao hipermercado é sempre uma emoção.

"Qual será o preço louco do corredor ao lado deste?"

"Será que o leite meio gordo está em conta?"

"Bolas, nunca sei em que secção se encontram os cotonetes!"

 

Estas são as questões que geralmente nos invadem a mente na hora de ir ao hipermercado.

Convenhamos: a ida ao hipermercado quer-se com tempo, para ver se não nos esquecemos de nada essencial, e ainda para vermos se o hipermercado não tem lá mais nada que nos possa dar jeito em casa.

 

Mas ir ao hipermercado pode ser uma aventura também.

Que digam os clientes de um K-Mart algures no famoso OC, na Florida. (Vejam a notícia, vejam!)

E isto porque um dos clientes deste K-Mart terá, supostamente, ateado fogo à lingerie que se encontrava à venda.

 

Mas... Porquê a lingerie? Será que alguém tem alguma coisa contra a lingerie?

Uma coisa é certa: depois desta notícia, a expressão "Anda a minha casa... Vou-te incendiar essa lingerie!" ganha todo um novo significado, menos simbólico e bem mais visual.

 

(Já alguém tinha usado a expressão "Vou incendiar-te essa lingerie!" ? Não? Bolas, é tão linear! "Ah e tal, a fricção entre nós vai deixar essa lingerie em chamas!"... Não? É por isso que a natalidade em Portugal anda tão em baixo, caramba!)

 

Haviam tantas zonas onde iniciar um incêndio num hipermercado, mas não. Este incendiário decidiu começar a coisa na secção de lingerie.

Mal pensado.

Porque assim os bombeiros aparecem logo e apagam a coisa.

Se o incendiário em questão tem colocado a arder a secção de queijos franceses, o hipermercado ficava embutido daquele cheiro a queijo intenso e os bombeiros não conseguiriam entrar na superfície comercial a fim de apagar o fogo!

 

Não quero com isto dar ideias a possíveis incendiários que me leiam. Com a breca, ainda gosto de me sentir seguro nos hipermercados!

Mas parece-me estúpido que um incendiário tenha achado que, iniciando o fogo na secção de lingerie, todo o hipermercado passaria à história!

 

O motivo que levou esta pessoa a incendiar a secção de lingerie deste K-Mart é que poderá estar ainda por dissecar.

Como tal, eu avanço uma hipótese:

Aposto que esta pessoa encontrou a Lili Caneças na secção de lingerie, a escolher uma peça nova para a sua colecção!

"Não, Lili, não faça isso! A lingerie é tão gira, não lhe dê tão cruel aplicação!"

 

Daí à ameaça de incêndio, é um pulinho.

 

P.S.: Agora que ilustrei um artigo meu com uma fotografia de uma modelo bem interessante, vai ser engraçado ver os comentários de homens rebarbados a este artigo.

Ou então não.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2008
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2007
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2006
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2005
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2004
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D