Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

há Dias assim...

Há dias históricos, banais, marcantes, deprimentes, excelentes, maus, magníficos, secantes, fantásticos, desinteressantes e, quiçá, bons. E depois também há Dias assim... Se gosta de Dias assim, parabéns. Está no blog certo.

Há dias históricos, banais, marcantes, deprimentes, excelentes, maus, magníficos, secantes, fantásticos, desinteressantes e, quiçá, bons. E depois também há Dias assim... Se gosta de Dias assim, parabéns. Está no blog certo.

há Dias assim...

21
Fev08

Talvez a Terra trema de medo.

delta_unit

A terra treme de vez em quando e as razões para que tal aconteça são variadas.

Podem ser devidas a movimentos das placas tectónicas, a rebendamento de explosivos ou a um tropeção da Simara.

 

Mas uma coisa é certa para nós, ocidentais: é impossível prever os terramotos de origem natural.

E afirmo isto com a convicção que a Simara perde o equilíbrio com pouca frequência.

E a chave para que cada terramoto que há no mundo não resulte numa catástrofe baseia-se na mesma palavra que propagandeia os preservativos: Prevenção.

Curiosamente, seria fácil prevenir alguns terramotos com o preservativo.

Bastava os pais da Simara terem usado um...

 

Mas esta grandeza, a da visibilidade da Simara, não é sensual.

Mas esta certeza, a da imprevisibilidade dos terramotos, não é consensual.

 

Basta ler a notícia do "The Sydney Morning Herald", cujo link se encontra na próxima chamada entre parêntesis. (Que é, concerteza, esta.)

Basicamente, o deputado israelita Shlomo Benizri afirmou, em pleno debate parlamentar sobre a vaga de quatro terramotos que assolaram a região em apenas duas semanas no final do último ano, que a culpa é dos gays!

Sim, segundo Benizri, a culpa dos terramotos é dos gays, pois o governo de Israel tem vindo a tornar-se demasiado liberal nesta temática.

 

Eu não sei como é que são os gays israelitas, mas a imagem mundial dos homossexuais é precisamente a de eles serem florzinhas, que não fazem mal a ninguém.

Aliás, nem nós, heterossexuais, sabemos bem como provocar um terramoto de grandes dimensões.

 

É certo que, segundo consta, os homossexuais gostam muito de contacto entre superfícies.

E muitos dos terramotos, diga-se, resultam da fricção entre superfícies!

Mas não serão as dos gays, parece-me...

Com todos os cremes que eles tanto vulgarizam, a tal atrito não deve provocar terramotos...

 

O importante a reter nesta notícia é simplesmente isto:

Um deputado israelita acredita que os terramotos são provocados pela liberalização da homossexualidade no país.

Com base nisto... Haverá alguém naquele país com inteligência para resolver os problemas com a Palestina?

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2008
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2007
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2006
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2005
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2004
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D