Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

há Dias assim...

Há dias históricos, banais, marcantes, deprimentes, excelentes, maus, magníficos, secantes, fantásticos, desinteressantes e, quiçá, bons. E depois também há Dias assim... Se gosta de Dias assim, parabéns. Está no blog certo.

Há dias históricos, banais, marcantes, deprimentes, excelentes, maus, magníficos, secantes, fantásticos, desinteressantes e, quiçá, bons. E depois também há Dias assim... Se gosta de Dias assim, parabéns. Está no blog certo.

há Dias assim...

14
Abr08

Ai destino, ai destino.

delta_unit

Como é sabido por todos nós, todos os dias embatem na nossa atmosfera imensos meteoritos que, pela diminuta dimensão, se desintegram e acabam por chegar aos nossos pés em pó.

(Ok, talvez nem todos saibamos isto.)

 

É a lei da Natureza. E é a única forma do nosso planeta ganhar massa.

No fundo, a Terra engorda à custa disto!

Se tudo continuar neste ritmo, a Terra um dia pesará mais que a Simara.

 

Porque a Simara, vistas bem as dimensões é um planeta, que vem a seguir a Vénus, esse planeta com nome de Deusa do Amor.

Simara e Vénus, lado a lado: o antagonismo no seu esplendor.

 

Relembrando: Comecei este artigo a falar de meteoritos. E, na verdade, não foi por acaso.

Talvez porque tenha lido uma notícia qualquer no Daily Mail. Ou então sou apenas um maluquinho por astronomia, com óculos de elevada graduação, pouca vida social e contactos muito raros com pessoas do sexo oposto, aos quais chamo "Encontros do 3º Grau".

 

(Se repararam, estava um link ali em cima, o que pode significar que li mesmo uma notícia e que a segunda opção apresentada em epígrafe era pura idiotice. Na verdade, uso óculos. Pensem nisto.)

 

Ora, a notícia que li diz-nos que a casa de Radivoje Lajic, da Bósnia, já foi atingida cinco vezes por meteoritos. Cinco!

Sim, porque alguns dos meteoritos que atingem a nossa atmosfera não se desintegram completamente, acabando por cair na superfície terreste.

(Vêem como eu percebo de astronomia! Serei um maluquinho?)

 

Como é sabido (ou então não é, mas eu sei), a probabilidade de se ser atingido por um meteorito uma vez na vida é muito, muito remota. Portanto, ser atingido cinco vezes é uma coisa ainda mais complicada, ainda para mais quando estes cinco acontecimentos aconteceram em menos de meio ano!

 

O que acha então Radivoje, morador da vila de Gornja Lamovite?

Simples: Ele está a ser atacado por extraterrestres.

Lógico, simples e, acima de tudo, estúpido.

Porque eu vejo o José Castelo Branco na televisão e percebo que ele não tem nada contra Radivoje.

 

Mas esta notícia do Daily Mail diz ainda mais: as cinco quedas de meteoritos ocorreram todas em tempo de chuva intensa, e nunca quando havia céu limpo.

E foi aqui que pensei: será que esta história não é toda uma treta?

Aparentemente, não. Porque a Universidade de Belgrado confirma que o que Radivoje recebe lá em casa são meteoritos, e não vulgares pedras atiradas por crianças que apenas sentem a saudade dos bombardeamentos de outros tempos.

 

Desta feita, sinto-me tentado a acreditar na teoria dos extraterrestres.

Mas...

Porque quererão eles aniquilar Radivoje quando neste mundo ainda vive alguém chamado Hu Jintao?

 

[Ao longo do presente artigo demonstrei ser conhecedor do assunto "Astronomia". Na verdade, recorri a um belo truque, muito usado lá para os lados de Queluz de Baixo, que se baseia no seguinte: dar a entender que se domina um assunto muito vasto quando, na realidade, se leu apenas dois parágrafos sobre o mesmo. Lógico, simples e, acima de tudo, estúpido. E é a segunda vez que uso esta expressão neste artigo, o que pode significar muita coisa.]

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2008
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2007
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2006
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2005
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2004
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D