Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

há Dias assim...

Há dias históricos, banais, marcantes, deprimentes, excelentes, maus, magníficos, secantes, fantásticos, desinteressantes e, quiçá, bons. E depois também há Dias assim... Se gosta de Dias assim, parabéns. Está no blog certo.

Há dias históricos, banais, marcantes, deprimentes, excelentes, maus, magníficos, secantes, fantásticos, desinteressantes e, quiçá, bons. E depois também há Dias assim... Se gosta de Dias assim, parabéns. Está no blog certo.

há Dias assim...

13
Jun08

Afinal, não é só a ilha que está perdida.

delta_unit

(Ainda não vejo "Lost". Mas pareceu-me pertinente o trocadilho do título.)

 

Alguns dias passaram desde que li esta notícia na minha homepage do SAPO: o mapa da Via Láctea, afinal, estava errado. (A notícia, cortesia do JN, está aqui.)

Chocado, é como eu estou.

 

Afinal, a Via Láctea só tem dois braços, e não quatro!

Isso faz com que eu perca todo o meu fascínio pela nossa galáxia.

Ter dois braços torna a Via Láctea mais humana.

Qualquer dia chega-nos a notícia de que a Via Láctea tem problemas de trânsito intestinal, pois encontraram uma concentração elevada de gases cósmicos nas redondezas do buraco negro central.

 

Não. Eu não quero uma Via Láctea humana.

Estávamos tão bem com uma Via Láctea de quatro braços, bolas! Para quê esta descoberta?

Então e... Se o mapa estava errado e agora o actualizaram, será que ninguém se perdeu com o mapa anterior?

Anda por aí tão boa gentinha a orientar-se pelas estrelas...

 

Ainda há meio ano a Maya se enganou a prever o meu dia, no matinal da SIC.

Se ao menos o mapa dela tivesse Capricórnio no sítio certo, talvez eu não tivesse feito aquele investimento na bolsa.

Nem metido conversa com aquela miúda que afinal era comprometida e que acabou o diálogo a dar-me um estalo, que tão bem atirou o meu orgulho ao chão.

 

O mapa estava errado, é certo.

Mas, felizmente, ainda não conseguimos andar a passear pelo espaço fora em naves espaciais, com fatos de licra ou sabres à cintura.

Do mal o menos, ninguém se perdeu com base neste mau mapa.

Já Pedro Álvares Cabral não pode dizer o mesmo.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2008
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2007
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2006
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2005
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2004
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D