Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

há Dias assim...

Há dias históricos, banais, marcantes, deprimentes, excelentes, maus, magníficos, secantes, fantásticos, desinteressantes e, quiçá, bons. E depois também há Dias assim... Se gosta de Dias assim, parabéns. Está no blog certo.

Há dias históricos, banais, marcantes, deprimentes, excelentes, maus, magníficos, secantes, fantásticos, desinteressantes e, quiçá, bons. E depois também há Dias assim... Se gosta de Dias assim, parabéns. Está no blog certo.

há Dias assim...

23
Mar09

Nem quero saber como se abastece o reservatório disto...

delta_unit

A saga The Matrix já nos avisou, mas ninguém disse que a malta da Warner Bros. era boa conselheira.

Ainda assim, ficou o repto: cuidado com as máquinas que elas um dia viram-se contra nós.

Porque a máquina quer-se inteligente para não termos de lhe dar ordens a todo o instante.

Mas se a máquina for mesmo inteligente, depressa se aperceberá que a Humanidade ainda concebe seres tão idiotas como o Toy, e nessa altura a máquina deixa de se orgulhar de ser um rebendo da nossa espécie.

 

Enquanto o tempo do "Homem vs. Máquina" não chega, o homem vai dando motivos para que, no futuro, a máquina se chateie connosco.

(E nessa altura pensem positivo: As máquinas também não aceitarão a existência deste blog.)

Motivos como este que vos apresento no próximo parêntesis.

(Aqui.)

 

No MIT, Universidade de respeito que um dia assinou um protocolo com Portugal, estudantes desenvolveram uma máquina que trata da manutenção das plantas lá de casa, urinando nos vasos.

Sem dúvida, uma máquina digna.

A máquina que faltava para completar o ecossistema da nossa casa.

Longe vão os tempos em que se ralhava com o cão por este urinar nos vasos de flores.

Agora - imagine-se! - inventam-se máquinas para fazerem aquilo que um dia os cães estavam proibidos de fazer.

 

Ainda assim, esta "máquina de urinar" parece-me extremamente inútil, demonstrando claramente que foi inventada por um conjunto de pessoas que, nos tempos livres, joga muito World of Warcraft.

Se o ideal para as plantas das nossas casas é receber urina de vez em quando, está na hora de as mulheres deixarem de reclamar com os maridos por chegarem a casa tarde e embriagados!

"Calma, Maria! Eu estou assim mas durante a noite vou urinar muito, e assim cuido dos teus manjericos."

 

Até porque, verdade seja dita: Máquinas de urinar todos nós somos.

Para quê inventar uma máquina que faz aquilo que todos nós fazemos, de forma natural e sem qualquer esforço?

É idiota.

É como inventar uma máquina feia e sem qualquer traço de inteligência, mas que saiba marcar golos, e oferecê-la ao Cristiano Ronaldo.

 

Peço cuidado a estes inventores de máquinas, pois no dia em que elas forem inteligentes hão-de pedir-nos explicações sobre a criação das suas irmãs.

E aí todos ficaremos embaraçados.

Explicar um parquímetro é fácil.

Já uma máquina de urinar...

 

E agora com licença, tenho de ir ao urinol satisfazer as minhas necessidades básicas.

Espero que não estejam muitas máquinas a fazer fila.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2008
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2007
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2006
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2005
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2004
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D